Um brasileiro e um paraguaio preso por roubar cabos de energia solar em Hamamatsu

A polícia prendeu dois homens sob suspeita de roubo de um cabo de transmissão de energia, cerca de 700 metros, no valor de 1,5 milhão de ienes, de uma instalação de geração de energia solar de Hamamatsu.

Os dois são Anderson Lima Takada, de 26 anos (brasileiro) e Joel Itourios Kiyoshi, de 35 anos (paraguaio), ambos residentes em Hamamatsu.

De acordo com a polícia, os dois roubaram um cabo de transmissão de energia de cerca de 700 metros e um valor de mercado de 1.5 milhões de ienes de uma instalação de geração de energia solar em Kita-ku, cidade de Hamamatsu, no final de outubro do ano passado.

O cabo tem cerca de 7 a 8 centímetros de diâmetro e é feito de cobre, e os dois o cortaram para facilitar o transporte durante o furto. Um metro desse material pode custar cerca de 2.000 ienes.

Os dois foram acusados ​​de roubar cerca de 100 metros de cabo da mesma usina solar em dezembro.

De acordo com a polícia, cerca de 30 danos semelhantes foram confirmados na província de Shizuoka, causando um prejuízo de vários milhões de ienes, a polícia não revelou se os dois admitiram as acusações. A polícia continua investigando, pois acham que há outros envolvidos além dos dois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seu Kei espera por voce
Anuncie aqui
JapanMultishow
Cadastro de empresa - Guia Canal Japao
Perfil de Artista
Webjornal - Connection Japan