Peruano preso em Nagoya sob suspeita de agredir e ferir um motorista de táxi

Publicado, novembro de 2020.

No dia 7 de novembro, o peruano Kuya Fukui Carlos Jutal, de 24 anos, agredir e feriu um motorista de taxi em Atsuta-ku, na cidade de Nagoya. O gravador do táxi registrou toda a história do crime.

Às 6:31 do dia 7 de novembro, o peruano Carlos pegou um táxi em Naka-ku, Nagoya. Ele parecia que estava bêbado, cambaleando e deitado no banco do carro. O taxista até abriu a porta para ele vomitar.

Depois o peruano saiu do carro sem pagar, o taxista o perseguiu e eles entraram em conflito, e o peruano bateu e jogou o taxista no chão. O peruano foi preso (hoje) dia 30 novembro por roubo e agressão.

Ele fugiu após agredir e ferir o motorista de táxi de 63 anos que teve um hematoma cerebral, para não pagar a corrida, que custava apenas 610 ienes.

A polícia identificou Carlos a partir das imagens do gravador da câmera de segurança.

Em resposta à investigação, Carlos negou as acusações, dizendo: “Saí do táxi sem pagar porque o motorista me disse para sair¨. Também disse, eu empurrei e chutei, mas não bati no rosto.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seu Kei espera por voce
Anuncie aqui
JapanMultishow
Cadastro de empresa - Guia Canal Japao
Perfil de Artista
Webjornal - Connection Japan