Memorial e Museu Turco de Kushimoto

O memorial turco e o museu são uma atração turística da província de Wakayama. O lugar ocupa o primeiro na lista de atrações locais imperdíveis. É também o terceiro lugar mais visitado.

O Memorial e o Museu da Turquia (ト ル コ 軍艦 遭難 記念 碑) está localizado em Kii Oshima na cidade de Kushimoto, Província de Wakayama, o monumento é uma homenagem aos marinheiros do navio de guerra da fragata Otamano Ertuğrul, que naufragou em 1890 no Japão, onde 587 marinheiros morreram.

Com a cerimônia em memória das vítimas do navio de guerra turco, a amizade entre a cidade de Kushimoto e a República da Turquia se aprofundou, e o Memorial Turco foi construído como prova dessa boa vontade.

A principal razão pela qual a Turquia é tão pré-japonesa é que ela é famosa por seus esforços de resgate dedicados neste caso, um incidente surpreendentemente desconhecido para os japoneses no Japão, incluindo o memorial, mas é um incidente relativamente famoso na Turquia.

  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 1
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 2
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 3
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 4
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 5
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 6
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 7
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 8
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 9
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 10
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 11
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 12
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 13
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 14
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 15
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 16
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 17
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 18
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 19
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 20
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 21
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 22
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 23
  • Memorial e Museu Turco de Kushimoto 24

Historia

No 20º ano da Era Meiji, o Imperador Komatsunomiya Akihito visitou Istambul em seu caminho de casa após uma viagem pela Europa e teve uma audiência com o Imperador Otomano da Turquia (Sultão).

Em resposta, foi enviado o navio Ertuğrul de 2.344 toneladas construído em 1863 pela Marinha Otomana foi despachado. Ele deixou Istambul em 14 de julho de 1889 com mais de 600 marinheiros e oficiais a bordo para uma visita oficial ao Japão.

O Navio chegou ao Porto de Yokohama em 7 de junho e deixou Yokohama em 16 de setembro de 1890, para regressar a Istambul, após uma estadia de três meses. Por volta da meia-noite de 16 de setembro, devido a um tufão foi arrastado para o recife rochoso, onde o navio de madeira foi destruído e naufragado, 587 marinheiros morreram e 69 tripulantes foram milagrosamente salvos pelos residentes locais, seis oficiais e sessenta e três marinheiros sobreviveram, a maioria deles feridos. Eles foram tratados em Kobe e depois enviados para a Turquia nos navios de guerra “Kongo” e “Hiei” a mando do imperador Meiji.

Museu

Memorial e Museu Turco de Kushimoto 25

Um museu foi estabelecido perto do memorial em cooperação com a cidade de Kushimoto e a Embaixada da Turquia no Japão. Foi inaugurado em 14 de dezembro de 1974.

No museu, estão expostos objetos inicialmente recuperados dos destroços por pescadores, pertences e fotos dos oficiais e marinheiros do navio, uma maquete do navio de guerra Turco Ertugrul, além de relíquias e documentos antigos da época, artesanato popular turco também está em exibição.

Mais tarde, um canto foi adicionado ao museu dedicado a Mustafa Kemal Atatürk, o fundador da República Turca. Itens enviados de Mersin e Yakakent (Turquia) também estão em exibição no museu.

Memorial

Memorial e Museu Turco de Kushimoto 33

Em fevereiro de 1891, 150 corpos recuperados dos destroços foram enterrados em um cemitério recém-criado. Em 15 de setembro de 1891, primeiro aniversário do desastre, um monumento foi erguido a 400 metros de distância no local do acidente, perto do Farol Kashinozaki de Kushimoto.

Uma segunda pedra memorial foi erguida pela Associação Comercial Japonês e Turca em 5 de abril de 1929 e visitada pelo Imperador Hirohito em 3 de junho do mesmo ano. Depois que esta informação chegou à Turquia, seu governo propôs um novo monumento. A construção foi iniciada em 22 de outubro de 1936, e a cerimônia de inauguração ocorreu em 3 de junho de 1937 com a presença do embaixador da Turquia.

Farol

No segundo andar do farol é possível ver as pedras que o navio bateu, perdendo mais de 587 vidas. Foi um incidente muito doloroso, mas é considerado a origem da amizade entre Japão e Turquia.

Entrada Monumento e Farol: Grátis

Museu Adulto: 500 ienes / Crianças (dos 6 a 18 anos): 250 ienes

Museu Horário: 9:00 as 17:00

Estacionamento: Gratuito (84 vagas)

Wakayama-ken Higashimuro Kushimoto-cho Kashino

Memorial e Museu Turco de Kushimoto 43

Deixe um comentário:

Seu Kei espera por voce
Anuncie aqui
Guia Website
Cadastro de empresa - Guia Canal Japao
Club Mokuhyou Shinbun
Webjornal - Connection Japan