Horas Extras

O funcionário que trabalha mais de 8 horas diárias ou 40 horas semanais tem o direito de receber horas extras.

Veja os valores na tabela

Horário Normal (8 horas diárias ou 40 horas semanais)

Zero
Hora Extra 25%
Horário Noturno (22:00 às 5:00) 25%
Trabalho em dia de folga (calendário da empresa) 25%
Hora extra mais horário noturno 25% + 25%
Trabalho em dia de folga (calendário da empresa) mais horário noturno 25% + 25%
Trabalho em dia de folga (determinado por lei) 35%
Trabalho em dia de folga (determinado por lei) mais horário noturno 35% + 25%

Na lei trabalhista do Japão as folgas determinadas por lei são 4 dias ao mês (houtei), não tenho definição de dias da semana, ou seja, esses 4 dias podem ser nos finais de semana ou dia de semana. E se o funcionário trabalhar em algum desses 4 dias a empresa deverá pagar adicional (hora extra) de 35%. E também tem as folgas determinadas pela empresa (calendário da empresa), chamada shoutei.

Se a empresas tiver um horário diário de menos de 8 horas de trabalho por dia, ou seja, 4 horas por dia, e houver necessidade de trabalhar mais duas ou quatro horas, até o limite de 8 horas por dia, a empresa não é obrigada a pagar as horas excedentes como hora extra, somente se a jornada exceder 8 horas diárias.

3 comentários em “Horas Extras

  • 9 de junho de 2019 em 17:21
    Permalink

    Queria saber saber eu trabalho todos os sabados mas nenhum e pago como hora extra e pago como normal,e nessa fabrica nw tem calendario pra trabalhar!

    Resposta
    • 10 de junho de 2019 em 17:45
      Permalink

      teria que saber mais detalhes, como quantas horas trabalha por semana ou por mês, para sabre melhor procure o ministério de Saúde (ministério de Trabalho), caso não falei bem japonês, tire suas dúvidas na Hello Work de sua cidade, pois geralmente a tradutores na Hello Work.

      Resposta
  • 7 de abril de 2019 em 08:43
    Permalink

    Tenho uma duvida aqui em fukui murata o teidi passou a ser de 9 horas e 2 horas extra antes era normal 8 horas 3 extra pode isso?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *