Kagami Mochi – Bolinho de Arroz

 

O Kagami Mochi é uma decoração tradicional japonesa de Ano Novo, para trazer boa sorte e prosperidade no ano novo. O kagami Mochi apareceu pela primeira vez no período Muromachi (séculos XIV a XVI), com o nome de kagami (espelho).

É composto por dois bolos de arroz (mochi) de diferentes tamanhos, o menor colocado sobre o maior, e um Daidai (um tipo laranja amarga japonesa) colocado o topo.

Kagami Mochi significa, literalmente, “espelho de mochi”, e a explicação para esse nome é que o formato dos dois bolinhos mochi é similar à forma dos espelhos de cobre usados durante o período Muromachi. Além disso, o espelho possui um significado muito importante para o xintoísmo, pois, junto com a jóia magatama e a espada, é um dos seus três objetos sagrados.

Os dois mochis representam, por sua vez, o ano que se passou e o ano que está por vir. A escrita kanji para daidai é 代々, e pode significar (geração em geração), assim o Daidai simboliza a continuidade das gerações e da vida longa, enquanto o mochi simboliza o ano passado e o ano que vem. Assim, o Kagami Mochi simboliza a continuidade da família ao longo dos anos.

Tradicionalmente, o Kagami Mochi era colocado em vários locais da casa. Hoje em dia é geralmente colocado em um altar xintoísta doméstico, ou é colocado no tokonoma, uma pequena alcova decorada na sala principal da casa.

Kagami Mochi são geralmente feitos para decorar, do dia 28 de dezembro até o dia 11 de janeiro (ou no segundo sábado ou domingo de janeiro) quando ocorre um ritual chamado Kagami Biraki (a abertura do espelho), o primeiro ritual importante depois do Ano Novo. No dia 11, o Kagami Mochi é quebrado em pedaços e cozido, seja em uma sopa de vegetais ou em um oshiruko (sopa doce de azuki).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *