Obon

O Obon (お 盆) ou simplesmente (Bon) é um evento anual budista para comemorar seus ancestrais (finados). É um costume budista do Japão de homenagear o espírito de seus ancestrais mortos. Segundo os costumes budistas, os membros da família se reúnem durante o feriado de Obon em sua terra natal, visitam e fazem a limpeza dos túmulos. A crença baseia-se de que os espíritos dos ancestrais retornam, durante os dias de Obon, aos lares para se reunirem com seus parentes. Este é um costume celebrado no Japão há mais de 500 anos e uma das atividades tradicionais é a dança conhecida como Bon Odori.

Lanternas são penduradas na frente de casas para guiar os espíritos dos ancestrais, e no final de Obon, lanternas flutuantes são colocadas em rios, lagos e mares para guiar os espíritos de volta ao mundo deles. Os costumes seguidos variam fortemente de região para região.

O Festival Obon dura cerca de 3 dias, mas a data de início pode variar de acordo com cada região. O Obon, apesar de ser chamado de FERIADO não é um feriado oficial, ou seja, muitos estabelecimentos continuam funcionando normalmente, no Japão todos os feriados nacionais estão assinalados nos calendários com a cor vermelha, isto também acontece com os feriados prolongados, como o do final de ano (Golden Week). No OBON, não é assinalado em vermelho, por que cada região tem datas diferentes.

Mas, pela tradição, a maioria das pessoas costumam tirar folga nessas datas para visitar a família. Durante o segundo e terceiro dia do Obon, as famílias que seguem a tradição convidarão um sacerdote budista para ir a sua casa (ou visita um templo ou santuário).

Quando o calendário lunar foi alterado para o calendário gregoriano no início da era Meiji, as localidades no Japão responderam de forma diferente, o que resultou em três diferentes tempos, festival Obon. O Shichigatsu Bon (Bon em julho) é baseado no calendário solar e é comemorado por volta do dia 15 de julho no leste do Japão (região de Kanto como Tokyo, Yokohama e Tohoku). Hachigatsu Bon (Bon de agosto), baseado no calendário lunar, é comemorado em torno do dia 15 de agosto, sendo o mais celebrado.

Tradições de Obon

Antes do início do feriado, os japoneses limpam suas casas e colocam uma variedade de oferendas de comida, como legumes e frutas, para os espíritos de seus ancestrais na frente de um altar budista.

  • Primeiro dia de Obon, lanternas chochin (feita de papel) são acesas dentro das casas, e as pessoas levam as lanternas para os túmulos de sua família para chamar os espíritos de seus ancestrais de volta para casa.
  • Segundo dia, dia do folclore, que é o dia da dança Bom Odori. Os estilos de dança variam de região para região, acompanhado pelos tambores de Taiko japoneses. A dança do Obon é em parques ou santuários, vestindo quimono de verão, onde os dançarinos se apresentam ao redor de um palco YAGURA. Qualquer pessoa pode participar da dança.
  • Terceiro dia, as lanternas são colocadas no rio que corre para o oceano, para guiar os espíritos a volta ao mundo deles.

Deixe um comentário: